Será que o problema do abandono e dos maus tratos, está diminuindo? Infelizmente, as pesquisas mostram que não. Existem aproximadamente mais de 30 milhões de animais abandonados nas ruas, 10 milhões de gatos, 20 milhões de cães. Números que aumentam todos os anos. Então, o que precisa ser feito?

Filme Vira-latasMas as pesquisas também apontam que o brasileiro está cada vez mais engajado na luta contra esta realidade. O número de protetores dos animais e de ONGs, no Brasil, é cada vez maior. Talvez por isso, cada dia que passa, aumente também o número de pessoas atentas a este assunto. Será que os Vira-latas estão ganhando espaço? Sim, sem dúvida alguma ele nunca foi tão comentado, ainda que, nem sempre, as notícias sejam boas. Essa nova "exposição" trás consigo uma nova realidade, talvez promissora. Mas ainda é cedo para dizer. Contudo, existe o outro lado da moeda, o oportunismo. O aumento desenfreado do número de ONGs no país, por vezes, apoiado num mero modismo social, enfraquece a confiança da população, que muitas vezes, reluta em apoiar uma ação social por não acreditar nos seus resultados.

Contudo, através das mãos daqueles que realmente acreditam num futuro melhor e mais justo, todos os dias, surgem ações magníficas cada vez mais criativas, no intuito de aproximar a população da cruel realidade do abandono e dos maus tratos animal. São livros que falam a respeito do dia a dia destes cães marginalizados, peças de roupas que procuram obter doações para os protetores, ações de conscientização social em prol da educação, e mais recentemente, até um filme documentário inédito, que está chegando às telinhas, destacando o vira-lata de uma forma jamais vista anteriormente.

O vira-lata está sim ganhando o seu espaço. Através do trabalho dedicado de muitas pessoas, o vira-lata está se tornando cult. Aos poucos, parece estar perdendo a estigma de animal desvalorizado e passando a ser visto como um animal obviamente digno de carinho e respeito, como qualquer outro animal.

ESTAMOS DESPERTANDO NOVOS HORIZONTES ATRAVÉS DE UMA MUDANÇA DE ATITUDE?

Com certeza todas essas ações não irão mudar a realidade de imediato, mas possivelmente, com a participação da população, essas e muitas outras ações, poderão, no futuro, criar uma nova consciência, mais justa e menos opressora. O país caminha, neste momento, para uma aparente democratização, um despertar para uma vida com mais dignidade. O brasileiro começa a compreender o significado do verdadeiro trabalho social. A cada dia que passa mais e mais empresas se envolvem com empreendedorismo social, e através de seus recursos, auxiliam ações inéditas pelo país.

O FILME VIRA-LATA ESTÁ CHEGANDO!!!

Um marco importante, tanto para os animais, quanto para a sociedade que caminha em direção a uma nova consciência, mais justa, onde a solidariedade passa a fazer parte da formação do indivíduo, algo que será ensinado nas escolas. Afinal, chegou a hora de aprendermos que, sozinho, ninguém faz nada nesse mundo.

Para saber mais a respeito de inciativas criativas com relação à proteção animal no país, acesse euapoio.vira-latas.com

imagem do título Susi Godoy, modelos Isa Ribeiro e Lucy

COMPARTILHAR
Artigos antigosModa Atitude, Coleção VL
Próximos artigosQuem disse que vira-latas não podem ser cães-guia?
Publicitário, diretor de cinema, escritor, fotógrafo e empresário. Atualmente, autor e diretor do projeto Vira-latas. Conta com a experiência de mais de 15 anos de projetos desenvolvidos, em diferentes segmentos da comunicação. Em busca de um futuro mais justo para os seres vivos.

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns pela bela iniciativa; se cada fizer um pouco... como nos legou Ortega y Gasset, "Dou o que tenho; que outros, capazes de fazer mais, façam o seu mais, como eu faço o meu menos". Conte comigo.

DEIXE UMA RESPOSTA