Pobres vira-latas! Cresce a cada dia o número de cães abandonados em Pirapora do Bom Jesus, mas poderia estar falando de qualquer cidade brasileira. Segundo Ana Cláudia Sousa Mendes, criadora da Associação dos Amigos dos Animais e Meio Ambiente de Pirapora, muitos desses cães abandonados chegam até a cidade acompanhando os romeiros a cavalo e vão ficando por aqui.

Cães abandonados

Ana Claudia conta que, apesar da entidade que criou estar desativada por falta de apoio na administração, ela ainda cuida com recursos próprios de cerca de 60 animais, entre cães e gatos, na Chácara Boa Vista. Alguns moradores da cidade também contribuem com ela para operações de castração, que acontecem numa média de três por mês. A cidade não conta com médico veterinário, o que dificulta o tratamento desses animais.

Ela não realiza feira de adoções, mas está à disposição para quem quiser adotar os animais. O endereço é Estrada dos Romeiros, 195.

Com o abandono, esses animais, geralmente esquálidos, rondam restaurantes e bares da cidade em busca de restos de comida ou reviram os lixos pela cidade. Os riscos de problemas para a saúde pública são grandes. Muitos apresentam doenças de pele, entre outras. Alguns comerciantes ainda colocam água e ração nas calçadas, mas a questão do abandono não é resolvida. Este não é um problema exclusivo de Pirapora do Bom Jesus, mas comum no país, que contabiliza mais de 30 milhões de animais abandonados segundo a Organização Mundial da Saúde (200 milhões em todo o mundo). Já vi esse problema em outros países também, mas parece que no Brasil o problema é mais grave. As comunidades precisavam olhar com mais atenção para os animais abandonados, antes que problemas mais graves aconteçam.

FONTE: Blog Pirapora em Notícias

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA